Bom dia, Boa tarde ou Boa noite aqui é Eddie Nascimento no Foda-se² começando o primeiro Fala Eddie, então puxa uma cadeira e vamos conversar.

Política brasileira, bom esse é um tema que atualmente trás polêmica pra cacete, já que vivemos num momento de polarização, ” Mas tio Eddie como assim polarização?” Calma que o tio explica: Polarização vem da palavra pólo mesmo, tipo as pilhas? Negativo e positivo?500x500 Então nosso país vive uma época em que as pessoas escolhem um lado e o defendem com unhas e dentes sem precisar saber muita coisa sobre o outro lado e até sobre o próprio lado que escolheu, ai nosso política vira um gigantesco FLA x FLU.

Agora vamos adicionar uma coisinha, imagina que o criador do céu e da terra, o todo poderoso (Preencher essa parte com a divindade que você gostar mais, nós do Foda-se² não vamos te julgar) decide apoiar o pastor,rabino,padre ou pai de santo genérico de sua cidade e a pessoa fervorosa em sua fé fica tentado a votar no representante religioso que lhe apetece. NÃO PUTA QUE PARIU! Isso tá errado muito errado, não que esses líderes religiosos não possam ser votados, eles são brasileiros com direitos eleitorais válidos, só não vote nele achando que Deus mandou… Afinal muitos desse tipo de candidato abusam dá fé alheia para extorquir votos (além de muitas outras coisas) então procure os candidatos que você acredita que vai representar bem os interesses da sua cidade, estado ou país. Sem contar que durante a história da humanidade vimos muitas vezes o que acontece quando religiosos forjam as regras no lugar do Estado e só cito no momento a inquisição católica, mas houveram muitas outras atrocidades. Temos que lembrar que os políticos governam para um povo e não para uma parte dele, se colocamos um cara da bancada evangélica no poder ele acaba defendendo apenas os interesses do seu grupo religioso, assim como a bancada gay faz ou a bancada ruralista e o pior são as propostas absurdas que esses caras trazem, o que você não acredita? WhatsApp Image 2016-09-15 at 17.21.48Então saca só: Lembram do deputado João Campos querendo dar as igrejas o poder de contestar decisões do Supremo Tribunal Federal? Esses projetos de lei dificilmente passam, mas só deles serem propostos movimentam a máquina pública e isso custa dinheiro o nosso dinheiro! Então meu brasileirinho vamos votar consciente e não votar no fulano que é crente que nem eu ou gay que nem eu ou maconheiro que nem eu ok? Pensem na opções que favoreçam ao País e não só a você. Bom foi um prazer conhecê-los e desculpa qualquer coisa, afinal Eddie Nascimento.